El 19.06 es el día que celebramos esa música que es de millones de personas y al mismo  tiempo de unos poquísimos entendidos. Casi igual que nuestras cervezas

19.06 En Estaçao Río Verde  (Sao Paolo)

La consolidación de la expansión internacional del Ciclo

El 19.06 tendrá un significado muy especial también en Brasil. Sao Paulo ha sido un año más la ciudad escogida para que sus ciudadanos se sientan partícipes de la decidida y entusiasta apuesta del Ciclo 1906 por la música en vivo de primera calidad.

Esta fecha tan especial nos ofrecerá música en vivo de primera calidad en la sala Estrella Galicia Estação Rio Verde a cargo de Dinho Nascimiento, Zeli Quinteto y la Big Band HB.

Sala Estrella Galicia Estação Rio Verde

19:06h Dinho Nascimento
20:30h Zeli Quinteto
21h Ana Cañas y Zeli
22h Big Band HB e Dança Lindy Hop

Dinho Nascimento

Show Musical

Dinho Nascimento gosta de misturar ritmos: são grooves afro-beats, samba-coco, maracatu-soul, reggae, blues, salsa, congo de ouro, barravento,  baião e samba de roda.

Seu berimbau, um contrabaixo, uma guitarra/violão, bateria, diversas percussões e vocais dialogam, se revezam e preenchem o espaço.

No repertório, composições próprias, letras aparentemente simples, temas que falam da natureza de forma atemporal e revelam  informações  ancestrais. Mais recentes são  “Mangaba da Boa” e “Bulindo no Formigueiro”, prontas para serem gravadas.

Dinho Nascimento acaba de ser homenageado, pelo Ministério da Cultura, com o prêmio “Mestre da Cultura Popular”.

 

1941 Vintage

A 1941 Vintage é uma produtora e escola de dança que desenvolve
projetos voltados para o Lindy Hop, Charleston, Rockabilly, Jive, Authentic Jazz,
Neo Swing e Swing Jazz. O foco do seu trabalho é a popularização e perpetuação
destas formas de arte que surgiram entre 1920 à 1960 de forma autêntica,
criativa e divertida.

 

Guga Stroeter & Orquestra HB

Convidam Carla Casarim

Guga Stroeter & Orquestra HB convidam Carla Casarim  cantora e compositora com um repertório de Baden Powell, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Jorge Ben Jor e Ary Barroso . É um show bom de se ouvir e dançar.

Há 30 anos na cena musical paulistana, a Orquestra Heartbreakers foi criada em 1987. Fruto de uma parceria entre Guga Stroeter e George Freire. Desde então, realiza concertos em teatros, eventos e já gravou diversos álbuns com repertórios de salsa, samba e jazz.

Carla é cantora e compositora e participou da temporada de 2014 do “The Voice”, na TV Globo. Atualmente é vocalista da banda “Bicho de Pé”, que possui quase 20 anos de carreira e foi destaque em uma das edições do programa “Superstar”.

Músicos
Guga Stroeter – vibrafone e direção artística
Carla Casarim – voz
Dino Barioni – guitarra, arranjos e direção musical
Giba Favery – bateria
Pablo Lyon – baixo
Anderson Bicudo – trompete
Allan Abbadia – trombone
Zafe Costa – sax barítono
Walmer Carvalho – sax tenor
Raphael Ferreira– sax alto

Repertório

  1. Cidade vazia (Baden Powell/Luis Fernando Freire)
  2. Estamos ai ((Maurício Einhorn/Durval Ferreira/Regina Werneck)
  3. Aruanda (Geraldo Vandré/Carlos Lyra)
  4. Berimbau (Baden Powell/Vinicius de Moraes)
  5. Só danço samba (Tom Jobim/Vinicius de Moraes)
  6. Adeus América (Haroldo Barbosa/Geraldo Jacques)
  7. Cai dentro (Baden Powell/Paulo César Pinheiro)
  8. O morro não tem vez (Tom Jobim/Vinicius de Moraes)
  9. É luxo só (Ary Barroso/Luiz Peixoto)

Zéli Silva

Zéli Silva é compositor, baixista, arranjador e professor. Possui um trabalho autoral consolidado: lançou em 2016 seu quinto CD autoral, Agora é Sempre, seu primeiro álbum de canções que inclui músicas próprias, canções e parcerias do baixista com letristas como Arnaldo Antunes, Luis Felipe Gama, Simone Guimarães, Fi Moreau e Taciana Barros. Com uma banda base formada por Zéli Silva (contrabaixo), Vitor Alcântara (sax/flauta), Moisés Alves (piano), Edu Ribeiro (bateria) e Fernando Corrêa (guitarra/violão), o CD ainda conta com as participações especiais de instrumentistas como Arismar do Espírito Santo, Léa Freire, Thiago Espirito Santo, Fabio Peron, Lulinha Alencar, Paulo Malheiros, Cleber Almeida entre outros e também dos intérpretes Sergio Santos, Ana Luiza, Filó Machado, Lívia Nestrovski, Vanessa Moreno, Simone Guimarães e Fi Moreau. O disco foi considerado por Carlos Calado como um dos 40 melhores de 2016.
TOQUE A CORDA AZUL PARA VER A MATÉRIA Possui mais quatro discos autorais entre eles UNA (2014 – independente) que contou com a participação especiais de artistas como João Donato, Arismar do Espírito Santo, Léa Freire, Lulinha Alencar entre muitos outros; Duo (2010 – independente) com Vitor Alcântara; Em Movimento ( 2006 – Maritaca) e Voando Baixo (2002 – Lua Discos), todos bastante elogiados pela crítica especializada